A Oficina dos Sonhos – O Proprietário da Reparadora

Post 2 – O Proprietário da Reparadora

Neste post da série, vamos conversar sobre o proprietário da reparadora, que na maioria das vezes é o profissional que tem o conhecimento e sabe como executar as manutenções de forma correta em seu veículo. Em outros casos é um empreendedor com conhecimento em gestão de negócios. Mas seja qual for o profissional, temos que compreender que ninguém abre uma empresa reparadora por paixão e altruísmo. Você investiria em uma “Oficina dos Sonhos” só pelo fato de amar a gestão de negócios ou amar consertar veículos?

Hoje o proprietário da reparadora ou seu administrador precisam estar em sintonia com o mercado, entender as necessidades dos clientes e estar apto para resolvê-los o mais rápido possível. Veja a seguir alguns dos conhecimentos que você precisa ter para almejar bons resultados.

  • Conhecer bem de gestão de empresas;
  • Conhecimentos de mecânica, elétrica e outros;
  • Conhecimentos mínimos de psicologia humana;
  • Noções de Marketing e Publicidade;
  • Conhecimento do mercado de reparadoras;
  • Noções básicas de tecnologias.

Você pode achar que essas coisas não têm nada a ver e que estou viajando na maionese?

Então vamos fazer um exercício bem prático para um bom entendimento:

Atendendo um cliente

O cliente chega na sua empresa, não ligou antecipadamente, não agendou. Simplesmente chegou na empresa no meio da manhã com seu carro. Entrou e já foi pedindo para consertar seu carro dizendo que não está funcionando direito.

  • Neste ponto, além de psicologia, presteza, educação e paciência. Você precisa ter conhecimento suficiente para orientar seu futuro cliente e extrair de forma correta as informações que você precisa para poder atendê-lo e resolver seus problemas adequadamente.
  • Precisa saber antecipadamente se terá tempo, pessoal, peças ou fluxo de caixa suficiente para fazer a manutenção no veículo.
  • Feito o atendimento corretamente, agora você precisa passar o trabalho para seu colaborador, orientar de forma correta para que ele inicie as atividades necessárias. Aqui, estamos imaginando que sua reparadora possui todos os equipamentos e ferramentas necessárias para que seu colaborador possa executar sua função elém de ganhar um salário adequado para as múltiplas funções que ele vai executar na sua empresa. Ora, se isso não é possível, novamente você terá que ter jogo de cintura e psicologia para administrar possíveis discordâncias e divergências, bem como necessidades diferentes. A necessidade do cliente versus a necessidade do seu colaborador.
  • Seu colaborador já identificou quais peças e serviços devem ser feitos, mas você não tem as peças necessárias, então precisa comprar junto ao seu fornecedor. E ai? Seus pagamentos estão em dia? Sua empresa está com crédito no mercado? Você possui mais de um fornecedor, para poder comprar com o melhor custo? Quais fornecedores têm as peças a pronta entrega e fará o envio da forma mais rápida? Decisões tomadas, você precisa da aprovação do cliente, saiba como dar más notícias para ele.
  • Neste momento você já fez uma pesquisa para saber como seus concorrentes estão trabalhando? Será que seu cliente não está conversando também eles para reduzir suas despesas?

Estes são apenas alguns pontos básicos de análise do seu negócio. Se você pensar com mais detalhes verá que existem muitos outros pontos com tanta importância quanto os listados anteriormente.

Porque será que o mercado de trabalho está tão competitivo hoje em dia? Será porque a população cresceu demais? Vejamos alguns itens importantes que precisam ser analisados:

  • A tecnologia está cada vez mais avançada;
  • Novos recursos surgem todos os dias para facilitar seu trabalho, logo você precisa estar antenado a estas tecnologias;
  • Seu cliente está sendo bombardeado de informações, mesmo ele não querendo, hoje ficou mais fácil para ele confrontar e validar as informações que ele recebe, basta para isso ele ter um celular e acesso à internet;
  • Assim como você está lendo este post, seu cliente também está;
  • Seu concorrente está analisando tudo que você faz para ter rentabilidade na sua empresa, e pode ter certeza, se você esta tendo retorno, ela vai fazer as mesmas coisas ou melhorar os processos em que você não tem tanta eficiência quanto deseja.

Se você se identificou como um proprietário de reparadora consegue ou deseja identificar processos que precisam de ajustes para melhorar sua rentabilidade acompanhe os próximos posts da série.

Não perca nosso próximo post “A Oficina dos Sonhos – O Colaborador da Reparadora”

About the author: Iverson Souza

Leave a Reply

Your email address will not be published.